Controles Estatísticos

Muito antes de surgirem os computadores, as planilhas e os softwares para gerenciar sua equipe e dos adversários, que controlam a parte técnica, tática, psicológica e também o condicionamento físico dos atletas, dentre outros aspectos; era tudo feito no PAPEL.

E assim começou meu pai em 1958, anotando e controlando TUDO que estava ao seu alcance, pontos que considerava essenciais e que afetavam direta ou indiretamente o rendimento das suas equipes, inclusive o clima, o tipo e altura da grama, a umidade relativa do ar, o vento, a temperatura, a altitude, etc, etc…

Em todos os 19 clubes (15 no Brasil e 5 no exterior) e 11 Seleções Paulistas e Brasileiras que trabalhou, manteve sempre o mesmo cuidado em suas anotações, gráficos, controles, etc, etc, etc.

Como exemplo, nessa cartolina de 1,00 m x 0,70 cm, está o estudo dos GOLS A FAVOR e GOLS CONTRA do Al Nassr, de Ryiadh, na Arábia Saudita, onde trabalhou em 1982 e 1983.

Reparem que os gráficos mostram claramente por onde a jogada de gol teve início, e com isso, é possível ter um dado estatístico que auxilia nos treinamentos de ataque e defesa.

Existem também os controles diários de peso e pulso dos atletas, que meu pai fazia ANTES e DEPOIS dos treinamentos e jogos.

Com apenas estas duas informações, já é possível saber se ele se recuperou fisicamente de um dia para o outro, se descansou e se alimentou corretamente, etc…, além da pressão arterial que era medida frequentemente.

Segundo ele mesmo dizia, “quanto maior o número de informações disponíveis, maior as possibilidades para adequar o trabalho com a sua equipe.”

E nas palestras que fazia aos jovens treinadores que iniciam a carreira nas categorias de base e/ou em clubes que disputam as divisões que tem pouco ou nenhum investimento, alertava:

“- Não é porque o clube não tem nada, que o treinador não vai fazer nada!

Isso não é desculpa!

Com alguns controles simples, objetivos e eficientes, já é possível fazer um trabalho diferenciado!”

Mesmo quando já trabalhava em clubes com as inovações tecnológicas atuais, continuava fazendo seus próprios controles e deles extraindo suas próprias estatísticas.

Em seus três livros utilizou todos estes dados que foram coletados e guardados em 60 anos ligado ao futebol profissional.

Estas e outras histórias estão no:

www.professorjoseteixeira.com.br

#professorjoseteixeira

⚽️🙏🏆💕🍀

7 respostas para “Controles Estatísticos”

  1. Ele sempre esteve à frente do nosso tempo, tive a honra de conversar muitas coisas sobre futebol , suas ideias até hoje são aproveitadas

    1. Obrigado,
      Walmir!

      Ótimo saber que os conceitos adquiridos em tantos anos de carreira, continuam presentes no futebol atual!

      Abc!

    2. Obrigado, Walmir! Bom saber que os conceitos adquiridos em 60 anos de experiência, são úteis no futebol atual! Abç!

  2. MAPEAMENTO
    Fiz o curso para técnico desportivo em futebol na FEFISA – Sto André com nosso querido Prof Teixeira. um dos principais assuntos, já quase no encerramento do ano letivo , era o MAPEAMENTO NO FUTEBOL ☝️Esse gráfico que vc expoe acima. Claro que existem outros dados que não foram aí apresentados
    Quando na comissão técnica do EC Bahia i jornal Tribuna da Bahia e as vezes ATARDE publicava esses mapeamentos a mim ensinados por seu Pai.

Deixe uma resposta para Salvador Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *